O processo do projeto à concretização

Atualizado: 19 de Jul de 2018

De um projeto a uma obra, o processo é complexo.

Podemos sempre ter um método base mas a complexidade estende-se também a este, porque cada projecto é único e o método tem de ser adaptável.

Há os projetos em que os clientes têm um programa consciente e objetivo, que com o projeto querem resolver as questões que os trouxe ao atelier e há também os clientes que não têm um programa e não têm questões mas têm prédios, espaços estagnados e que têm de ter um novo futuro. Aí temos que colocar as questões e a responder às mesma.

Eu não disse que o processo é complexo!







Muita matemática, porque aqui a arte não vale se não for viável!


Uma maquete ajuda a perceber se a nossa resposta responde ao cliente e para nós muitas vezes é um ponto de partida para aperfeiçoar o projeto.

Os desenhos técnicos são a nossa linguagem e a forma como traduzimos as nossas ideias, mas não é uma linguagem entendível a todos, temos de auxiliar a nossa comunicação com maquetes, esquissos, para nos fazermos perceber.


Depois de tudo afinado, passamos à materialização em que muitas vezes não há hipótese de protótipo e temos sempre de acompanhar de perto !





É como se fosse uma viagem com algum nevoeiro ( não é, mas é com poeira, que é a mesma coisa), que vai passando lentamente e a obra vai aparecendo!











A gente tem de sonhar, senão as coisas não acontecem. Oscar Nemeyer




72 visualizações
  • Preto Ícone Instagram
  • Facebook Basic Black
  • Preto Ícone Pinterest

© 2018 by ameio